Dicas

Aqui você encontra todas as dicas para o seu churrasco seja um grande sucesso.

‘Selar’ a carne é um dos processos mais importantes para garantir a maciez e suculência (umidade) da carne quando o método de preparo for por calor seco (carnes grelhadas, assadas ou fritas em pouco óleo).

Selar significa dourar a superfície da carne rapidamente em uma superfície bem aquecida (panela, grelha ou forno) para ‘selar’ (fechar, encerrar) a superfície, evitando a perda dos sucos naturais da carne e reduzindo o ressecamento.

Portanto, espere até que se forme uma ‘casquinha’ torrada em um lado da carne para então virá-la do outro lado. Dito isto, fica fácil entender porque o hábito tão comum de espetar o bife com um garfo e virá-lo na panela com freqüência, sem deixar que uma superfície fique bem tostada antes de virar, geralmente resulta em um bife seco e bem passado.

A carne deve ser cortada no sentido contrário às fibras. Basta manter a lâmina da faca em um ângulo de 90 graus (sentido transversal) com as fibras da carne. Com este procedimento garantimos que a faca faça o trabalho mais difícil (o de cortar as fibras) e o dente o trabalho mais fácil (apenas de separar as fibras). A título de esclarecimento, aquilo que chamamos de fibra da carne é na verdade um feixe ou fascículo de células musculares.

Nossa tradição recomenda usar sal grosso, geralmente são duas colheres de sopa para cada kilo de carne, porém deve-se ter o cuidado de salgar somente no momento das carnes irem para churrasqueira.

Não e proibido usar sal fino, alguns paises da América do Sul como Argentina, só usam sal fino, são em média 10 gramas para cada kilo de carne. Sem dúvida o mais prático é o sal grosso, porque ao servir, bata com as costas da faca no espeto para tirar o excesso de sal. Com o sal fino não se consegue tirar excesso pois ele adere firme nas carnes. Use sua criatividade e tenha sempre um molho já pronto na hora de servir.

O que fazer com as sobras do churrasco? Sendo sobras das carnes frescas, não assadas, pode-se congelar. Mas não congele as carne já temperadas. Já as sobras das carnes assadas, são inúmeras sugestões, pode ser preparar um arroz de carreteiro, paçocas, sanduíches e até molhos.

Que quantidade usar? Pesos e medidas, isto será uma dúvida muito frequente, porque sempre irá depender da hora e local do churrasco, e também se será para festa de batizado, casamento, camping. Se teremos acompanhamentos como arroz, salada, farofa, pão, etc.

Porém, a média deve ser de 400 gr. de carne sem osso e 600 gr. de carnes com osso por pessoa. Esta medida dificilmente falha.